1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer
  • Memorando de Entendimento OTM-CS / IPAJ
  • CONSELHO CONSULTIVO DO SECRETÁRIO GERAL DA OTM-CS - ZONA CENTRO (2)
  • Exortação por Ocasião das Comemorações do 1° de Maio de 2016
  • SALÁRIOS MÍNIMOS 2015 – OTM-CS CAPACITA EQUIPAS DE NEGOCIAÇÃO
  • FÓRUM DE CONCERTAÇÃO SINDICAL (FCS)

Bem Vindo a página oficial da Organização dos Trabalhadores de Moçambique

Exortação por Ocasião das Comemorações do 1° de Maio de 2016

maio 2015

1 de Maio 2016

 

 

Trabalhadores moçambicanos;

 

Vamos comemorar a 1 de Maio próximo, o dia Internacional do Trabalhador.


Nesta data, os trabalhadores moçambicanos juntar-se-ão aos trabalhadores de todo o Mundo na celebração do seu Dia, num contexto de festa e de manifestação de luta sindical pela Paz, Desenvolvimento, justiça laboral e bem-estar social.

 

As comemorações do 1º de Maio deste ano, coincidem com o jubileu dos 40 anos da criação da nossa Organização (OTM-CS) e realizam-se sob o lema: “OTM-CS 40 ANOS NA LUTA PELOS DIREITOS E INTERESSES DOS TRABALHADORES”.

 

 É neste contexto que as comemorações do 1º de Maio deste ano constituem a primeira etapa de reflexão sobre o passado, presente e futuro do movimento sindical moçambicano, as suas realizações e os desafios que a actualidade económica e social de Moçambique impõe.

 

Exortamos por conseguinte as estruturas sindicais e os trabalhadores em geral, para que com o alto sentido patriótico, organização e sentido de responsabilidade que os caracterizam, saiam à rua no dia 1 de Maio e através de manifestações pacíficas, exteriorizem o seu sentimento como produtores da riqueza nacional, sobre o crescimento da economia nacional e sobre a situação laboral e social que vivem nos últimos tempos.

 

Neste momento o País está mergulhado numa tensão militar, promovida e executada pela renamo que, sem piedade, destrói infraestruturas económicas e sociais, ataca e mata pessoas indefesas e destrói seus bens adquiridos a custa de muitos e longos anos de sacrifício.

 

Com muita preocupação, os trabalhadores vêm estradas danificadas, impedindo a circulação de pessoas e bens, viaturas transportando produtos para o comércio e para o consumo das populações atacadas e incendiadas. Em suma, estes ataques semeiam terror nos agentes económicos, nos trabalhadores e nos potenciais investidores, criando efectivamente um clima de incerteza e instabilidade no País, gerando desemprego de muitos moçambicanos.

 

A celebração do 1 de Maio é momento de reafirmação do repúdio veemente a todos os actos de violência protagonizados contra as populações e contra a economia nacional.

 

É desejo da maioria esmagadora dos moçambicanos, de ver as armas silenciadas e o diálogo sem pré-condições a decorrer, pois só com o diálogo se assegura a Paz efectiva e duradoira.

 

Caros Trabalhadores

 

Este ano, os Órgãos Centrais da OTM-CS decidiram que as cerimónias centrais das celebrações da data terão lugar na Cidade de Maputo, Capital do País, sendo replicadas nas capitais provinciais e nas sedes distritais com maioria população assalariada.

 

Durante as comemorações, os Sindicatos Nacionais e provinciais, os Conselhos Provinciais dos Sindicatos e os Comités Sindicais, deverão estabelecer livremente as palavras de ordem que reflictam a realidade específica do seu local de actuação e do local de trabalho, a constarem dos dísticos, cartazes e outras formas de manifestação pacífica.

 

 

A OTM-CS continua comprometida com a luta pelo bem-estar dos trabalhadores, procurando trazer para eles, as condições de trabalho decentes.

 

É nesta perspectiva que terminamos recentemente, mais um processo de diálogo social e negociação, visando o reajustamento dos salários mínimos nacionais por sectores de actividade.

 

Alcançamos os resultados já conhecidos que foram os possíveis e não os desejáveis e nesta perspectiva, não estamos satisfeitos e renovamos a nossa preocupação perante a manutetenção de salários baixos, empregos precários e o custo de vida elevado.

 

Apelamos aos Sindicatos Nacionais no sentido de continuarem a priorizar a negociação das condições de trabalho e salariais a nível de cada empresa para que sejam fixados salários mínimos superiores aos acordados na Comissão Consultiva do Trabalho e para que sejam igualmente reajustados outros níveis salariais, beneficiando assim a maioria dos trabalhadores.

 

Renovamos a nossa exortação no sentido de que comemoremos o 1º de Maio todos, num ambiente ordeiro e pacifico e que seja uma ocasião para exaltarmos a cultura de trabalho e o compromisso de luta pela promoção e defesa dos direitos e interesses dos trabalhadores.

 

Desejamos a todos os Trabalhadores, um feliz 1º de Maio 2016.

VIVA o 1º de Maio

VIVA o 40º aniversário da criação da OTM-CS.

 

“OTM-CS 40 ANOS NA LUTA PELOS DIREITOS E INTERESSES DOS TRABALHADORES”

 

 

 

Maputo, aos 25 de Abril de 2016

  • elektronik sigara ukash e sigara zirkonyum dis